HOME VÍDEOS NOTÍCIAS DADOS DA SAFRA METEOROLOGIA FOTOS

Colheita de cana no interior paulista deve começar mais tarde com atraso nos insumos durante plantio e estiagem em 2020

Publicado em 08/03/2021 16:08 e atualizado em 08/03/2021 17:49 1231 exibições
Osmair Guareschi - Produtor Rural na Região de São José do Rio Preto/SP
Região de São José do Rio Preto (SP) voltou a ter condições climáticas favoráveis apenas nas últimas semanas; apesar de aumento de área, produção deve ser mantida neste ano

Podcast

Entrevista com Osmair Guareschi sobre a Falta de adubo para plantio da cana-de-açúcar

Download

LOGO nalogo

​Produtores de cana-de-açúcar da região de São José do Rio Preto (SP) enfrentaram atraso na entrega de insumos para o plantio da safra 2021/22 (abril-março), inclusive com paralisação dos trabalhos, além de condições climáticas adversas em 2020. Com isso, um atraso na colheita que começaria agora em março já é esperado.

"Tivemos a falta de produtos para o plantio devido à pandemia, com fabricação e logística", disse ao Notícias Agrícolas Osmair Guareschi, produtor rural da região.

Guareschi também conta que, normalmente, a safra de cana na região tem colheita iniciada a partir do mês de março, mas a estiagem ao longo de 2020 deve atrasar os trabalhos neste ano. "Cana que era pra estar com 2 a 2,5 metros de altura, de 20 a 25 gomos, estão hoje com um metro apenas", destaca o produtor rural.

A região de São José do Rio Preto (SP) voltou a ter condições climáticas favoráveis apenas nas últimas semanas. "Vamos atrasar praticamente um mês da safra 2021/22", pontua Guareschi. A estiagem em 2020 também dizimou completamente algumas lavouras no interior paulista. Além disso, há aumento dos custos para a atividade.

"Nós tivemos nesse ano de 10% a 15% de aumento de área, mas vamos produzir a mesma coisa que no ano passado como reflexo da falta chuva", afirma Guareschi.

Por:
Jhonatas Simião
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário