Soja brasileira, mesmo com prêmios negativos, está cara para os chineses

Publicado em 03/05/2021 18:59 4715 exibições
Vlamir Brandalizze - Analista de Mercado da Brandalizze Consulting
Para estimular novas compras e garantir margens de esmagamentos para os chineses, cotações teriam que recuar US$0,50/bushel.

Podcast

Entrevista com Vlamir Brandalizze - Analista de Mercado da Brandalizze Consulting sobre o Fechamento de Mercado da Soja

Download

LOGO nalogo

Os preços da soja fecharam o pregão desta segunda-feira (3) em campo misto na Bolsa de Chicago, com perdas de mais  de 10 pontos nos primeiros vencimentos, com o julho fechando com US$ 15,24, e alta de 5 no contrato novembro/21, que fechou com US$ 13,44 por bushel.

Como explicou o consultor de mercado Vlamir Brandalizze, da Brandalizze Consulting, o mercado segue se comportando de acordo com as condições de clima nos Estados Unidos. Neste momento, as chuvas começam a chegar a algumas regiões produtoras, o que traz perspectivas melhores para o avanço do plantio nos próximos dias. 

"A pressão climática perdeu um pouco de força e agora o mercado na expectativa dos próximos dias, mas sem grandes temores para o plantio", diz Brandalizze. 

Leia Mais:

+ USDA aponta bom avanço do plantio de soja e milho nos EUA, mas dentro das expectativas

Por outro lado, o mercado monitora também os baixos estoques norte-americanos, que continuam a ser um ponto importante de suporte para os vencimentos mais curtos. No entanto,  para o segundo semestre as expectativas são de números menos apertados, o que faz com que as posições se mostrem um pouco mais baixos do que os mais próximos. 

Também no radar dos traders permanece o desempenho forte dos preços do óleo de soja, que subiram cerca de 30% somente em abril, ainda como explica Brandalizze, e o comportamento da demanda, uma vez que as margens de esmagamento na China seguem apertadas. Os compradores chineses têm refeito suas posições de forma a garantir suas novas compras a partir de agora. 

Mesmo com prêmios negativos no Brasil, a oleaginosa brasileira ainda está cara para a nação asiática e, para estimular novas compras, as cotações teriam que recuar cerca de US$ 0,50 por bushel. 

EXPORTAÇÕES BRASILEIRAS

Abril de 2021 marca o novo recorde mensal histórico para os embarques brasileiros de soja com 17,383 milhões de toneladas, contra 14,854 milhões do mesmo mês de 2021, de acordo com números da Secex (Secretaria de Comércio Exterior) do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços divulgadas nesta segunda-feira (3). O setor já esperava números elevados, na casa de 17 milhões de toneladas, porém, o número superou as expectativas. 

E ainda segundo Brandalizze, maio e junho ainda deverão ser meses fortes de exportação brasileira. Daí em diante, o produtor brasileiro fica mais distante de novos negócios, esperando por oportunidades melhores de mercado. 

Na perspectiva do consultor, o Brasil poderia encerrar 2021 com cerca de 85 milhões de toneladas de soja embarcadas e com forte demanda para todo esse produto. Segundo o especialista, o país ainda conta com aproximadamente 20 milhões de toneladas para negociar na exportação no segundo semestre. 

"Só a China deve levar 10 milhões", diz. "E tudo indica que vai ter muito produtor segurando soja até  final do ano", completa. 

+ Abril marca recorde histórico mensal de exportações de soja no Brasil com mais de 17 mi de t

Por:
Aleksander Horta e Carla Mendes | Instagram @jornalistadasoja
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

4 comentários

  • Redação Notícias Agrícolas Campinas - SP

    NOTA DE ESCLARECIMENTO

    O site Notícias Agrícolas preza pela pluralidade de opiniões e análises, abrindo espaço para que a experiência de cada profissional que está diariamente conosco seja transmitida do mercado aos produtores rurais. E essa postura, que foi definida pela nossa equipe, tem sido fundamental para que as mais diversas opiniões possam permitir ao produtor que ele tome suas próprias decisões e trace as melhores estratégias de acordo com suas realidades, as quais são muito diversas.

    E sempre esperamos que mesmo que essas análises sejam divergentes de suas expectativas, elas sejam respeitadas. Ainda assim, o que estamos vendo neste caso é um posicionamento extremo, sem uma análise profunda de tudo aquilo que foi dito na entrevista em questão, sem considerar a análise completa. Quando o analista fala sobre soja brasileira "mais barata" para os chineses ele está retratando o atual momento para o comprador e não incentivando vendas a preços menores por parte dos sojicultores brasileiros.

    Assim, para quem pôde acompanhar a entrevista na íntegra fica claro que o objetivo de Vlamir Brandalizze não foi, em nenhum momento, forçar uma comercialização que pudesse ser prejudicial ou desfavorável ao produtor do Brasil, mas pelo contrário, seu objetivo foi dar informações ao produtor de forma que ele possa se planejar e se preparar para as boas oportunidades que virão.

    Portanto, pedimos que entendam o contexto e não se prendam apenas a um ponto específico da entrevista, uma vez que ela é muito rica em detalhes, cenários, projeções e estratégias que podem ser adotadas, refletindo em bons resultados.

    O consultor de mercado Vlamir Brandalizze, da Brandalizze Consulting, é fonte do Notícias Agrícolas há mais de 20 anos e profissional reconhecido no meio, além de ser conhecido também por sua postura em defesa dos produtores brasileiros.

    O Notícias Agrícolas sempre irá defender e incentivar o bom debate, porém, sem que seja marcado pelo desrespeito. Mais uma vez, reforçamos nossa confiança e respeito não só ao Vlamir Brandalizze, mas à nossa audiência. E reforçamos ainda o lema que pregamos há 24 anos: seja o porta-voz de si mesmo.

    35
    • elcio sakai vianópolis - GO

      Nas gerações passadas, a maior parte das pessoas assumiam seus erros e acertos, ... uma palavra dada valia mais que um contrato registrado em cartório. Como o nosso mundinho mudou, nos dias de hoje qualquer distúrbio tem uma doença pra se justificar..., é mais fácil culpar os outros do que assumir seus próprios erros..., se nem contratos estão tendo validade, a palavra muito menos... e, o pior de tudo, nem a Suprema Corte tem entendimento da lei.

      3
    • Paulo Roberto Rensi Bandeirantes - PR

      No último parágrafo da NOTA DE ESCLARECIMENTO do Notícias Agrícolas: "E reforçamos, ainda, o lema que pregamos há 24 anos: seja o porta-voz de si mesmo." ... Vou usá-lo como um gancho, para acrescentar: ... "seja o porta-voz de si mesmo COM RESPONSABILIDADE" !!!

      7
    • Rodrigo Polo Pires Balneário Camboriú - SC

      Concordo com voce Elcio e concordo com voce Sr. Rensi. Se o sujeito não concorda com o analista, não venda. Se concorda é por que está de acordo, e só.

      13
    • Valcir Raimundo Ghizzoni GENTIL - RS

      Compartilho da mesma opinião do Sr. Elcio! Se o camarada não cumpre com a palavra, não tem o direito de cobrar nada de ninguém...

      4
    • Paulo Roberto Rensi Bandeirantes - PR

      O Sr. VLAMIR não fala na filosofia do "achismo", ele, na minha percepção, é um "poço de ética"!!! E, quando fala: O CAVALINHO ... está, segundo, todas as informações a que ele tem acesso, fazendo UMA ANÁLISE do momento !!! ... Agora, faço uma pergunta: SERÁ QUE VOCÊ TEM INFORMAÇÕES ANTAGONICAS AO ANALISTA??? ... RAPAIZZZZ, PRESTE ATENÇÃO àS INFORMAÇÕES PRIVILEGIADAS QUE ELE ESTÁ TRAZENDO !!!!... EH! ... DE GRAÇA !!!

      4
    • Paulo Roberto Rensi Bandeirantes - PR

      Sr. VLAMIR ... SOU SEU FÃ INCONTESTE !!! Apesar dos pesares.

      3
  • Jonathan Ben Querência - MT

    Já vi neste site uma notícia assim

    Soja chega no teto ao 10 dólares por bushel

    Notícia da china deve ser..

    7
  • luis alfredo alves bela vista do paraíso - PR

    Esse analista é chinês ? Brincadeira..todo mundo sabe que a safra americana não está se desenvolvendo bem...nossa soja não é suficiente para mais de um bilhão de bocas chinesas..teremos escassez soja no segundo semestre se assim persistir os problemas climáticos e esse tonto vem falar de baixar soja p estimular exportação

    Pode ficar quietinho e esperar..chineses virão desesperados por soja que ainda estiver disponível

    7
  • Rubenson Antônio Assinck Santa Bárbara do Sul - RS

    Quer dizer, que para estimular novas compras e garantir margem para os chineses, tem que baixar os preços? Essa Brandalizze tá de brincadeira. Eu acho que é o contrário. Se eles querem comprar nossa soja, que paguem mais. Ou alguém acha que quando o jogo virar, e a oferta for maior que a demanda, os chineses vão pagar mais para nos deixarem margem?

    5
    • Carlos William Nascimento Campo Mourão - PR

      É o fim da picada mesmo. Não dá mais para ficar ouvindo essas bobagens. Então os chineses só vão comer se os esmagadores tiverem lucro? O analista deveria contar que 99% dos esmagadores pertencem ao Estado Chinês. Pouco importa a margem de lucro. A segurança alimentar é prioridade. Mesmo que a soja vá para US$30,00 o bushel, eles irão comprar. Dinheiro não é problema. Imaginem 1,4 bi de pessoas, sem nenhuma liberdade, executando trabalhos que aqui seriam considerados escravos e ainda por cima sem comida? Quem segura esse povo revoltado? Então não faltará dinheiro estatal para comprar comida. O resto é discurso para enganar desavisados.

      9
    • Juarez Durigon Lemes Cruz Alta - RS

      Esse Brandalizze deve estar delirando !!! Aqui na minha terra tem um ditado que diz: "O burro calado passa por inteligente" ou traduzindo .. se não tem nada de fundamento para falar fica quieto. Se os chineses não estão com margem comprando a soja brasileira, vão comprar onde??

      5
    • Edmundo Taques Ventania - PR

      Pergunto: Qual foi a margem daqueles 65% da safra brasileira que compraram a R$ 90,00?? Devem ter ganho rios de dinheiro!!! E eu na minha "santa inocência" achando o preço de agora bem baixo??!!, onde eu estava com a cabeça??!!, claro, depois de terem ganho rios de dinheiro seria esperar demais que a China repassasse um pouco do lucro que tiveram no resto de soja que sobrou... Parceria comercial sensacional essa?!, eles tem que sempre ganhar e, como se isso não bastasse, ainda precisa ser bastante, lógico em detrimento de nós, produtores. Como sempre!!!

      7
    • Ronaldo Brejauba goiania - GO

      Bom, até aqui ,tinha evitado críticas diretas a eese pseudo analista, mas agora ele extrapolou. Pior que quem ganha dinheiro de verdade é ADM, CARGILL, BUNGE. O produtor é explorado, vilipendiado. Ainda vem um sujeito num site de grande exposição e fala umas coisas dessas. Caros estão os tratores o diesel, os defensivos, os implementos, a terra. Isso é que esta caro, Bom,a audiência está cada vez mais esclarecida. A soja ainda está barata ... na verdade, vai falar o que quando ultrapassar os vinte dólares por bushel?

      5
    • Camilo LUCAS DO RIO VERDE - MT

      Vamos aos números..., se as exportações brasileiras em abril fecharam na cotação de US$ 414,10 a tonelada , isso daria US$ 24,84 por saca ou 11,27 US$/Bu .... então, matematicamente falando a media de compras que o analista fala estaria bem abaixo das atuais cotações! Portanto a afirmação dele não reflete a verdade sobre o preço da soja comercializada conforme esses preços..., se fosse mantida essa visão dele então os preços aqui deveriam estar muito acima dos atuais patamares para então o produtor começar a pensar em vender. Não vi nenhum fundamento nesse tipo de analise.

      5