HOME VÍDEOS NOTÍCIAS DADOS DA SAFRA METEOROLOGIA FOTOS

Perdas do milho já chegam a 50% em Dr. Camargo/PR após atraso e falta de chuvas

Publicado em 06/04/2021 10:03 e atualizado em 06/04/2021 11:02 1862 exibições
Ildefonso Ausec - Produtor Rural
Lavouras foram plantadas com atrasos entre 30 e 40 dias, o que já reduziria em 30% a produção esperada, mas também enfrentam período sem chuvas que impede a germinação de muitas áreas e deixa outras mal desenvolvidas, elevando as estimativas de quebra para metade do esperado

Podcast

Perdas do milho já chegam a 50% em Dr. Camargo/PR após atraso e falta de chuvas

Download

LOGO nalogo

O plantio da segunda safra de milho teve atrasos entre 30 e 40 dias em Doutor Camargo no Paraná após atraso da soja e dificuldades na colheita com o excesso de chuvas. Isso retardou o desenvolvimento das lavouras e já colocou perdas de produtividade no radar dos produtores.

Segundo o produtor rural Ildefonso Ausec, somente este atraso já resultaria em perdas de 30% na produção esperada, uma vez que áreas que ainda nem germinaram já deveriam estar com até 1 metro, como o registrado neste mesmo período do ano passado.

milho_safrinha_seca_lavoura_doutor_camargo_ildefonso_ausec

Somando-se a isso, a região enfrenta um período longo de estiagem que impede a germinação da algumas lavouras e deixa irregular o crescimento de outras. Assim, as perspectivas de perdas já subiram para 50% do previsto no município.

Todo esse cenário vêm após a safra de soja 2020/21 também registrar perdas. O excesso de chuvas durante a colheita prejudicou os trabalhos e retirou qualidade dos grãos, resultando em um recebimento até 28% menor de grãos pelas principais cooperativas da região.

milho_safrinha_seca_lavoura_doutor_camargo_ildefonso_ausec

Confira a entrevista completa com o produtor rural de Doutor Camargo no vídeo.

milho_safrinha_seca_lavoura_doutor_camargo_ildefonso_ausec

Por:
Guilherme Dorigatti
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário