Publicidade

Conectividade das coisas já auxilia o produtor rural na redução de custos e na logística dos alimentos

Publicado em 02/08/2021 14:05 e atualizado em 02/08/2021 15:17 773 exibições
Daniel Schnaider - CEO da Pointer by PowerFleet Brasil
Dentro da porteira, IoT auxilia na condução dos manejos e no tráfego da frota. Já na área de transportes, auxilia na segurança e na rastreabilidade dos produtos.

Podcast

Entrevista com Daniel Schnaider - CEO da Pointer by PowerFleet Brasil sobre a IoT e Agricultura

A Internet das Coisas (ou IoT em inglês) já está presente na vidas pessoas, principalmente nas grandes cidades, aonde a conectividade é maior. Essa internet está presente em todas as coisas que, de uma forma ou de outra, está conectada na rede global de computadores que fazem parte da internet comum. Um conceito que parece complicado, mas que já está fazendo a diferença no dia-a-dia do agronegócio. Veja como essa tecnologia está mudando a realidade do setor:

Agricultura: Um dos pontos cruciais dessa tecnologia é o rastreamento de movimento. Quando a velocidade está acima ou abaixo do previsto certamente causará perda na colheita ou do plantio de grãos/cana/madeira, por exemplo. Como também na adubagem, que pode deixar de colocar a quantidade correta ou colocar acima do necessário. Quanto aos químicos que protegem uma plantação inteira, eles merecem muita atenção. A velocidade também é essencial, afinal se for rápido demais, vai colocar produtos de menos, se for devagar, o plantio estará comprometido por completo, além de gerar um alto custo para a empresa. Outros benefícios que podem render milhões ao setor estão no armazenamento e na gestão de planejamentos estratégicos que fazem a integração dos serviços garantindo o sucesso desde o plantio até a venda do produto.  

Todos os setores (motorista): A tecnologia, que veio das pistas da Formula 1, hoje está intrinsicamente relacionada a gestão de frotas para salvar vidas, proporcionar uma direção responsável, além de permitir uma visão completa do veículo (manutenções, trocas de peças, prevenção de panes, acidentes e uma postura mais proativa diante dos riscos). Um dos principais produtos associados à F1 é o Driver feedback: mostra as curvas erradas, onde está seguro, econômico, gestão de fadiga e antecipação dos possíveis acidentes diante da conduta do motorista. A tecnologia utiliza sensores conectados aos veículos, é possível garantir o bom comportamento dos motoristas, reduzir a falha humana e garantir a conformidade às normas de trânsito.

Publicidade

Meio ambiente: O dispositivo ensina em tempo real o condutor a dirigir da melhor, mais segura e mais econômica forma possível. Portanto de uma maneira eco friendly, a tendência dessa economia é aumentar ainda mais ao longo do tempo. Com uma solução inovadora no mundo instalada em um case, a empresa pode constatar a economia de 26% em combustível ao mês, ou seja, a mesma quantidade a menos de poluente sendo emitida no meio ambiente.

Prevenção de acidentes: Além do fato de que as estradas brasileiras são perigosas, os acidentes podem acontecer até mesmo dentro das indústrias e armazéns. Isso é muito importante, os acidentes não atendem nenhum dos lados envolvidos em setor, só trazem prejuízos a todos. Com a IoT é possível melhorar em 400% a eficácia dos seus condutores, garantindo a vida de todos, evitando o comprometimento do patrimônio da empresa e de terceiros, além de reduzir custos com seguro.

Redução de roubos e fraudes: Um problema pandêmico no Brasil, que pode acabar apenas com o uso de um dispositivo que detecta qualquer interceptor de sinal, inibe desvio de combustível, detecta guinchamento e ajuda a recuperar os que foram roubados.

 

Por:
Ericson Cunha
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário