Preço do suíno em Minas Gerais "empata" com custos de produção e suinocultor se preocupa com viés de baixa

Publicado em 08/03/2021 10:09 e atualizado em 08/03/2021 11:43 1145 exibições
João Carlos Bretas Leite - Presidente da Asemg
Entrada da massa salarial de março e possibilidade de votação favorável para o retorno do Auxílio Emergencial podem ajudar a melhorar os valores do animal

Podcast

Entrevista com João Carlos Bretas Leite - Presidente da Asemg sobre o mercado de Suínos

Download

LOGO nalogo

As últimas duas semanas foram de queda para o mercado da suinocultura independente em Minas Gerais, com o preço do animal vivo chegando a R$ 7,00/kg. De acordo com João Carlos Bretas Leite, presidente da Associação de Suinocultures de Minas Gerais (Asemg), este valor praticamente "empata" com os custos de produção, estimados por ele em R$ 6,50/kg de animal. 

"Estas quedas foram motivadas por uma conjunção de fatores, unindo o baixo consumo no final do mês com o lockdown no principal Estado consumidor, que é São Paulo. Com isso, os suínos que iriam para São Paulo, vindos da região Sul do país com preço mais competitivo, acabam entrando no mercado mineiro", disse.

Segundo Leite, para que o suinocultor mineiro tenha uma margem de lucro, seria preciso que o preço do quilo do animal vivo estivesse em torno de R$ 8,50. "Com estas incertezas na economia, não sabemos quando o valor poderá chegar a este patamar. E outro ponto de atenção são os custos de produção, que há a certeza de que não deve baixar, mas a dúvida de quanto ainda vai subor", afirmou.

 

 

Por:
Letícia Guimarães
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário