HOME VÍDEOS NOTÍCIAS DADOS DA SAFRA METEOROLOGIA FOTOS

Previsão de chuvas para o oeste do MS e sudoeste de GO pode ser a salvação das lavouras de milho

Publicado em 16/04/2021 14:18 e atualizado em 17/04/2021 19:48 5616 exibições
Francisco de Assis Diniz - Meteorologista do INMET

Podcast

Previsão de chuvas para o oeste do PR, sul e oeste do MS e GO pode ser a salvação da lavoura de milho

Download

LOGO nalogo

As previsões do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) indicam que áreas de instabilidade vão favorecer as formação de nuvens até o domingo, atingindo grande parte do Mato Grosso do Sul, após rápida passagem pelo centro-oeste do Paraná. A tendência, porém indica que após a passagem raáida das chuvas, o tempo voltará a ficar estável na semana que vem. 

Em Goiás, Minas Gerais e Bahia, a tendência é do retorno da umidade neste final de semana. É importante destacar que apesar do retorno das chuvas, elas não acontecem mais com intensidade e de forma generalizada, mas sim de forma irregular, condição característica da estação atual. 

Veja o mapa de previsão de precipitação para as próximas 93 horas: 


Fonte: Inmet 

Últimos 5 dias 

Nos últimos cinco dias os maiores volumes de chuva foram registrados no Nordeste do Brasi, segundo dados coletados nas estações meteorológicas do Inmet, a região teve acumulados entre 60mm e 100mm. 

Choveu no oeste e sul do Rio Grande do Sul, com acumulados entre 15mm e 20mm. Paraná e Santa Catarina permaneceram com tempo estável. 

No Centro-Oeste, conforme indicavam as previsões, choveu apenas no centro-norte do Mato Grosso, com acumulado entre 20mm e 30mm no período. Também choveu no Matopiba, com precipitação entre 30mm e 80mm, sendo os maiores volumes registrados no Piauí. 

Veja o mapa de precipitação acumulada no período: 

Últimos 5 dias - Inmet
Fonte: Inmet 

Veja a previsão completa no vídeo acima

Leia Mais:

+ Áreas de instabilidade avançam e aumentam condições de chuvas no Sul e áreas do Centro-Oeste nesta 6ª

Por:
Aleksander Horta e Virgínia Alves
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário