HOME VÍDEOS NOTÍCIAS DADOS DA SAFRA METEOROLOGIA FOTOS

Altas no café: Diante da quebra no Brasil, Conab avalia que mercado demorou para subir

Publicado em 02/03/2021 18:27 e atualizado em 04/03/2021 16:13 1841 exibições
Bruno Nogueira e Leandro Corder - Gerente e Analista da Gerência Alimentos Básicos e Culturas da Conab
A semana passada foi marcada por valorização expressiva no mercado de café. Analistas da Conab avaliam que o mercado demorou para reagir à oferta mais restrita do Brasil em 2021, consequência do ciclo baixa de produção do arábica e também dos problemas climáticos enfrentados no desenvolvimento da safra. Os números da Conab, divulgados no início do ano, indicaram uma quebra entre 32% e 39% na safra de café arábica, com destaque para baixa mais expressiva no Sul de Minas Gerais, principal área produtora do país. Apesar das duas últimas sessões indicando uma correção, a análise é de que o mercado deve manter os preços em alta. No mercado físico, os preços também subiram e a perspectiva da Conab é que também devam se manter alta. O produtor, que participou de maneira assídua do mercado futuro, foca em fazer as entregas e age com cautela antes de fechar novos negócios. Veja análise completa no vídeo acima

Podcast

Altas no café: Diante da quebra no Brasil, Conab avalia que mercado demorou para subir

Download

 

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário