HOME VÍDEOS NOTÍCIAS DADOS DA SAFRA METEOROLOGIA FOTOS

Bahia encerra plantio do algodão com área menor, mas expectativa de alta produtividade

Publicado em 15/01/2021 11:02 851 exibições
Luiz Carlos Bergamaschi - Presidente da Abapa
Recuperação dos preços no mercado internacional também animam os produtores para as vendas dos volumes ainda restantes desta safra 2020/21

Podcast

Bahia encerra plantio do algodão com área menor, mas expectativa de alta produtividade

Download

LOGO nalogo

Os 224 mil hectares de algodão sequeiro da Bahia já foram semeados nesta safra 2020/21 e os 46 mil hectares irrigados estão sendo plantados neste momento. O total cultivado será menor do que o registrado na safra passada, mas a expectativa é positiva para a produtividade.

Segundo o presidente da Abapa (Associação Baiana dos Produtores de Algodão), Luiz Carlos Bergamaschi, a área será menor em função da retração do mercado após a pandemia do novo Coronavírus, mas que a produtividade deve ser elevada pelo quinto ano consecutivo.

A colheita deverá acontecer entre junho, julho e agosto, mas até lá os produtores precisam focar nas atividades de manejo e ficar de olho nas condições climáticas. A liderança destaca que o mês de março é um período crucial para a cultura e chuva em excesso pode ser prejudicial para as plantas.

Sobre o mercado, Bergamaschi destaca que 90% da safra 2019/20 já foi negociada com preços médios de 70 cents por libra peso. Já para a atual temporada, 60% da produção esperada já foi comercializada com preços ao redor de 60 cents a libra peso, mas que agora o mercado se recuperou e os volumes restantes devem conseguir patamares melhores.

A frente da entidade a partir do começo de 2021, após ser vice-presidente na gestão anterior, Luiz Carlos Bergamaschi ressalta ainda a importância de manter os programas já existentes de auxilio social e controle fitossanitário, além de ampliar ações de construção e revitalização de estradas, que são o principal gargalo para o agro no estado.

Confira a entrevista completa com o presidente da Abapa no vídeo.

Por:
Guilherme Dorigatti
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário