HOME VÍDEOS NOTÍCIAS DADOS DA SAFRA METEOROLOGIA FOTOS

Após safra defensiva para garantir custo de produção, produtor de algodão tem boas perspectivas para 20/21

Publicado em 07/12/2020 10:49 644 exibições
Pery Passotti Pedro - Consultor em Inteligência de Mercado de Algodão da StoneX
StoneX destaca rápida recuperação do setor têxtil e retomada do consumo para a manutenção de um cenário positivo para 2021. Do lado da oferta, safra 20/21 deverá ser menor devido à concorrência com outras culturas e atrasos no plantio da soja no Mato Grosso

Podcast

Após safra defensiva para garantir custo de produção, produtor de algodão tem boas perspectivas para 20/21

Download

LOGO nalogo

Na análise da consultoria Snotex, a safra brasileira de algodão 2019/20 se caracterizou como sendo de uma postura defensiva, com os produtores mais preocupados em defender seus custos de produção do que fechar grandes vendas.

Segundo o consultor em inteligência de mercado de algodão da StoneX, Pery Passotti Pedro, o ano de 2020 foi uma grande montanha russa no mercado de algodão, quando os preços caíram aos menores níveis dos últimos 5 anos, mas se recuperaram e deram condições de vendas aos produtores.

Para Pedro, até o momento já foram vendidos 85% desta produção com os 15% restantes sendo, costumeiramente, de qualidade mais baixa, mas ainda possuindo espaço de mercado para vendas.

Já para a safra 2020/21 o cenário deve ser mais positivo. O consultor destaca que a recuperação do setor têxtil neste ano foi surpreendentemente rápida e que o consumo deve seguir em alta durante 2021, sustentando bons preços no mercado.

Do lado da oferta, a safra brasileira deverá ser menor do que a anterior, primeiramente pela própria concorrência com a soja e o milho que tiveram mais valorizações de preços neste ano, mas também pelo atraso no plantio da soja, especialmente no Mato Grosso, que vai reduzir a janela de cultivo para o algodão.

Confira a íntegra da entrevista com o consultor em inteligência de mercado de algodão da StoneX no vídeo.

Por:
Guilherme Dorigatti
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário