Soja e milho têm limite de alta em Chicago com USDA trazendo área menor do que o esperado

Publicado em 31/03/2021 13:10 e atualizado em 31/03/2021 14:07 10938 exibições

LOGO nalogo

O USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) divulgou seu relatório de intenção de plantio - o Prospective Plantings - com números bem menores do que mostravam as expectativas do mercado para soja, milho e trigo.

A área de soja foi estimada em 35,45 milhões de hectares, 5% maior do que a da safra anterior. As projeções, porém, variavam entre 34,84 a 37,07 milhões de hectartes, com média de 36,42 milhões. Ou seja, crescimento bem menor do que o esperado pelo mercado. O USDA acredita ainda que a área semeada com a oleaginosa ficará inalterada em 23 dos 29 estados produtores. 

De milho, a área estimada foi de 36,87 milhões de hectares, um aumento de menos de 1% se comparada à safra anterior. O mercado esperava algo entre 37,23 e 38,24 milhões de hectares, com média de 37,72 milhões.

EXPECTATIVAS USDA - PROSPECTIVE PLANTINGS

MILHO 🌽
Média - 37,72 milhões de ha
Intervalo: 37,23 a 38,24 milhões de ha
Outlook Forum: 37,23 milhões de hectares
Safra 2020/21: 36,75 milhões de hectares

SOJA 🥜
Média: 36,42 milhões de ha
Intervalo: 34,84 a 37,07 milhões de ha
Outlook Forum: 36,42 milhões de ha
Safra 2020/21 33,63 milhões de ha

PROSPECTIVE PLANTINGS x OUTLOOK FORUM

Em fevereiro, durante o Agricultural Outlook Forum, o USDA estimou a área de soja em 36,42 milhões e a de milho em 37,23 milhões de hectares. A diferença, no entanto, se dá pelo contato feito com os produtores pelo USDA para coletar os dados, que acabam trazendo, portanto, um cenário mais próximo da realidade a ser confirmada na safra 2021/22. 

O gráfico abaixo, com dados do USDA compilados pela analista internacional de commodities Karen Braun, mostra a diferença entre os números reportados no fórum e no final de março nos últimos 16 anos. Nas barras cinza, o milho e, nas azuis, a soja. 

Plantio 2021/22 EUA - Fórum USDA x Prospective Plantings

LIMITE DE ALTA PARA OS GRÃOS EM CHICAGO

O USDA surpreendeu de forma tão expressiva e intensa o mercado nesta quarta-feira que os futuros da soja e do milho negociados na Bolsa de Chicago testam seus limites de alta. São 70 pontos de avanço no caso da oleaginosa e 25 no cereal. 

Assim, o contrato maio/21 da soja já voltava aos US$ 14,36 por bushel, enquanto o setembro/21, já refletindo a nova safra americana, volta a operar acima dos US$ 13,00. No milho, o maio tinha US$ 5,64 e o julho, US$ 5,47 por bushel. 

Leia Mais:

+ Futuros do milho atingem limite de alta em Chicago após números do USDA

TRIGO & ALGODÃO 

Para o trigo, a área estimada foi de 18,78 milhões hectares, também 5% maior do que o semeado na safra anterior. Ao ser confirmada, essa seria a quarta menor área total de trigo nos EUA desde 1919. 

A área de algodão nesta nova temporada dos EUA deverá ser e 4,86 milhões de hectares, menos de 1% menor do que a da safra anterior. 

Por:
Carla Mendes | Instagram @jornalistadasoja
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário