Novo chefe-geral assume a Embrapa Trigo

Publicado em 30/04/2021 12:55 122 exibições

No dia 1º de maio de 2021 assume a Chefia Geral da Embrapa Trigo o engenheiro agrônomo Jorge Lemainski. Após processo seletivo interno na empresa, o novo chefe assume um mandato de dois anos, prorrogável por até seis anos. Na equipe de gestão da Embrapa Trigo seguem na chefia de Pesquisa e Desenvolvimento o pesquisador José Eloir Denardin e na chefia de Administração o analista Denilson Focking, com a incorporação do engenheiro agrônomo Giovani Faé na chefia de Transferência de Tecnologia.

Natural de Alegria-RS, Jorge Lemainski tem 63 anos e cursou Agronomia na Universidade de Passo Fundo. Iniciou na profissão em consultoria agrícola na região noroeste do RS, onde também foi vereador. Em 1989 rumou para o Brasil Central, onde trabalhou nas esferas agrícola e política durante 25 anos.

Entrou na Embrapa Cerrados (em Planaltina-DF), em 1997, atuando na área de difusão de tecnologias. Fez mestrado em Ciências Agrárias na Universidade de Brasília, de 2001 a 2003. Trabalhou na assessoria parlamentar até 2014, quando voltou para Passo Fundo-RS para compor a área de transferência de tecnologia da Embrapa Trigo. Entrou na gestão da Unidade como chefe-adjunto de Transferência de Tecnologia em 2017, deixando a função agora para assumir a Chefia Geral.

Reconhecimento do trabalho

“A Embrapa revolucionou a produção de alimentos no Brasil e no mundo, de forma eficiente e sustentável. Hoje, de cada 10 pessoas no mundo, uma se alimenta a partir do que o agronegócio brasileiro produz. Somos parte deste resultado e participar deste processo é uma satisfação pessoal”, declara Jorge Lemainski, lembrando a dedicação do corpo funcional da Embrapa Trigo na busca constante para reduzir custos e assegurar o melhor resultado na produção de cereais de inverno e culturas associadas que impactam na economia do campo e da cidade.

Desafios

Ampliar a área de cultivos de inverno no Brasil é o foco da chefia que inicia agora. “A nossa meta é fazer o Brasil chegar a 4 milhões de hectares de trigo no período de cinco anos. Um crescimento de 170% na área, especialmente nas regiões Sul e Brasil Central”, projeta Lemainski. No projeto de expansão, ele prevê o crescimento na área de cultivo com trigo nos próximos dois anos aumentando em 100 mil ha no Brasil Central (somados aos cerca de 200 mil ha cultivados em 2020) e outros 200 mil ha na Região Sul (hoje com 2,1 milhões de ha). “Estamos trabalhando para vencer os limitantes deste crescimento com resultados bem promissores em genética e manejo que podem reduzir impactos da giberela e da germinação pré-colheita no Sul, e da brusone e da seca no Brasil Central. O caminho passa por uma série de ações a campo e em laboratórios, com o apoio de parcerias, nacionais e internacionais, que permitem acesso a tecnologias de vanguarda em busca de soluções”.

Superação

A gestão da Embrapa Trigo está focada na superação de desafios através de parcerias com diversas entidades vinculadas ao agronegócio, como cooperativas, sementeiros, empresas de assistência técnica e extensão rural, instituições de pesquisa e ensino, sindicatos e associações: “Estamos buscando o apoio de parceiros que multiplicam o nosso alcance na instalação dos experimentos, na transferência de tecnologias e ainda qualificam os resultados da pesquisa”, explica Lemainski lembrando que “a Embrapa é uma empresa pública que trabalha voltada para atender demandas de estado, preenchendo lacunas que as outras empresas privadas não tem como foco, como segurança alimentar, manejo de solo e plantas. Esse é o nosso papel, desenvolver a produção agropecuária brasileira em benefício da sociedade e vamos seguir trabalhando para isso driblando as dificuldades que estão postas sem fraquejar”, conclui o chefe-geral da Embrapa Trigo Jorge Lemainski.

Ouça a entrevista completa com o chefe-geral da Embrapa Trigo Jorge Lemainski no podcast Falando de Trigo.

https://anchor.fm/embrapatrigo

https://www.embrapa.br/trigo/audios

 

Tags:
Fonte:
Embrapa Trigo

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário