Safra global 21/22 de açúcar deve ter um superávit de 1,5 mi de t, projeta Czarnikow

Publicado em 15/06/2021 18:32 e atualizado em 15/06/2021 19:14 139 exibições
Elevação da produção em importantes origens produtoras, apesar de queda no BR e Índia, devem contribuir para maior oferta do adoçante no mundo

LOGO nalogo

​A safra global 2021/22 (outubro-setembro) de açúcar deve ter um superávit de 1,5 milhão de toneladas, segundo a trading inglesa Czarnikow em divulgação na segunda-feira (14), sobre 2,7 milhões de t na atual temporada, com elevação na produção em importantes origens.

"Mais uma vez, em 2021/22, acreditamos que a Índia produzirá mais de 30 milhões de toneladas de açúcar (-1% a/a), embora desvie mais cana para o etanol", destacou a trading em relatório divulgado. O país asiático tem tido excelente condições de cultivo para a cana.

Abastecimento de açúcar no mundo nas últimas safras e estimativa para 2021/22 - Fonte: Czarnikow
Abastecimento de açúcar no mundo nas últimas safras e estimativa para 2021/22 - Fonte: Czarnikow

"O último mês de maio foi o segundo mais chuvoso da Índia em mais de 100 anos e as chuvas de monções já chegaram", complementou.

Produção de açúcar na Índia nas últimas safras e estimativa para 2021/22 - Fonte: Czarnikow
Produção de açúcar na Índia nas últimas safras e estimativa para 2021/22 - Fonte: Czarnikow

As estimativas para o Centro-Sul em 2021/22 são de uma produção de açúcar de 35,6 milhões de t, com uma queda de cerca de 6% ante a temporada anterior. Na Tailândia, a safra do adoçante é prevista em 11 milhões de t, 58% maior e, no México, em 6 milhões de t (+6%).

Para chegar ao superávit de mais de 1 milhão de t, a produção global do adoçante na nova temporada foi estimada pela trading em 176,36 milhões de t, se aproximando do volume de 2018/19 (176,50 milhões de t), o segundo maior já registrado na história para o adoçante.

Produção global de açúcar nas últimas safras e estimativa para 2021/22 - Fonte: Czarnikow
Produção global de açúcar nas últimas safras e estimativa para 2021/22 - Fonte: Czarnikow

Apesar da pandemia do coronavírus no mundo, a Czarnikow ainda acredita que a nova temporada pode ser marcada por um recorde na demanda de 174,8 milhões de t.

Por:
Jhonatas Simião
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário