Ministério da Agricultura credencia startup PlantCare para testes em produtos agrícolas

Publicado em 04/02/2021 09:01 129 exibições
PlantCare poderá realizar testes de eficácia e praticabilidade agronômica de produtos agrícolas nas fases de Registro Especial Temporário II e III

O Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento (MAPA) credenciou a Estação Experimental PlantCare, sediada em Jardinópolis (SP), para testes de eficácia e praticabilidade agronômica de produtos agrícolas nas fases de Registro Especial Temporário (RET) II e III. Com a medida, a empresa, inaugurada em 2019, poderá avaliar defensivos agrícolas de empresas nacionais ou importadas antes que estes cheguem ao mercado brasileiro.

Para a empresa incubada no Supera Parque de Inovação e Tecnologia, o credenciamento é estratégico. “O credenciamento pelo Ministério da Agricultura é uma chancela do mesmo para que possamos conduzir os ensaios baseados em nossa competência técnica e científica, nos dedicando diariamente a prestar o melhor serviço aos clientes e parceiros do agro. Sem dúvidas é uma importante conquista”, enfatizam as sócias e engenheiras agrônomas, fitopatologistas Caroline Donadon e Simone Brand.

De acordo com as empreendedoras, os testes e laudos conduzidos pela estação de pesquisa serão importantes para o agronegócio na medida que auxiliam o MAPA na fiscalização das empresas, garantindo a qualidade dos insumos que serão aplicados nas plantas cultivadas. O credenciamento possibilita a execução de ensaios de campo com defensivos agrícolas para analisar eficiência e praticabilidade agronômica de produtos que estão em fase de registro junto ao MAPA, ou seja, ainda não são registrados no Brasil.

Uma outra atuação da PlantCare seria junto à Embrapa, que coordena ensaios de rede para avaliação de fungicidas no controle de doenças da soja, milho e algodão à nível nacional. “As empresas passam a contar com mais uma estação na região que desenvolve pesquisa e testes voltados para produtos ainda em fase de análise podendo ter acesso a um serviço ágil, transparente e de confiabilidade”, complementam. Em dezembro de 2020, após credenciamento, a PlantCare passou a integrar os ensaios de Rede de Milho da Embrapa.

O credenciamento foi publicado no Diário Oficial da União do dia 07 de dezembro de 2020, através da Portaria 362/2020.

 O RET

Para a realização de pesquisa ou experimentação com agrotóxico ou afins no Brasil, é necessário que o produto a ser pesquisado seja registrado para esse fim junto à os órgãos federais responsáveis. Sejam em laboratório ou em campo, devem ser previamente avaliados e possuir o Registro Especial Temporário (RET). “O RET é concedido por tempo determinado, podendo conferir o direito de importar ou produzir a quantidade de produto necessária à pesquisa e à experimentação”, explica Caroline.

 SUPERA PARQUE

 O Supera Parque de Inovação e Tecnologia de Ribeirão Preto, gerido pela Fipase, é resultado de uma parceria entre Universidade de São Paulo (USP), Prefeitura Municipal de Ribeirão Preto e Secretaria de Desenvolvimento do Estado de São Paulo. Instalado no Campus da USP local, o Parque abriga a Supera Incubadora de Empresas, o Supera Centro de Tecnologia, a associação do Arranjo Produtivo Local (APL) da Saúde, o Polo Industrial de Software (PISO), além do Supera Centro de Negócios. Ao todo, são 71 empresas instaladas no Parque, sendo: 53 delas no Supera Incubadora de Empresas de Base Tecnológica; e 18 empreendimentos no Centro de Negócios. O Parque Tecnológico está em expansão com a urbanização de lotes para instalação de empresas e a implantação do Container Park, um novo complexo empresarial. 

Fonte:
Assessoria de Comunicação

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário