Agricultores usam PlantUP para ajudar a aumentar suas rendas

Publicado em 01/12/2020 10:35 110 exibições
Plataforma digital de informações agrícolas tem dados precisos para produtores tomarem as melhores decisões na hora do plantio

O agricultor Valdir Menegatti, de Sorriso (MT), um dos principais municípios produtores de soja do Brasil, conseguiu com a plataforma PlantUP ter mais precisão na hora de decidir o tipo de semente que iria utilizar em sua propriedade. “Eu decidi usar para ter menos riscos no plantio e mais certeza de uma boa colheita”, afirma.

Ele conta que antes comprava a semente “no escuro”, sem saber exatamente se aquela seria a melhor variedade a ser plantada na sua região. “Agora, vejo a semente que performa melhor na região e a diferença na hora de colher. Entre o número de sementes deixadas no solo e as que realmente germinaram, é mínima”, ressalta.

O mesmo ocorre com Pedro Henrique Esteves Borges, agricultor de Rondonópolis (MT), outro município referência nacional na produção da oleaginosa. Ele declara que usa de forma estratégica as informações disponíveis na plataforma PlantUP, o que o ajuda a entender melhor o posicionamento, a população e a época de plantio de cada variedade. “Eu pego esses dados e cruzo com informações do meu consultor e do pessoal da região, assim consigo ter mais certeza de que terei mais rentabilidade em minha propriedade”, afirma.

Essas informações estão no Painel de Destaque, uma das novidades da plataforma PlantUP. Por lá os agricultores têm acesso a um resumo dos seus principais resultados, comparativamente à sua região, e indica oportunidades de ganho, apontando as cultivares mais produtivas e mais plantadas.

Mais segurança

A PlantUP mantém todos os dados lançados confiáveis e seguros por algoritmos avançados de validação, rígido processo de auditoria, criptografia dos dados e anonimato das informações.

Esse foi um dos pontos de destaque para que o agricultor Sérgio Antonello Rubin, de Sorriso, decidisse usar a plataforma. Ele conta que certa vez aumentou o número total de sua área cadastrada, pois decidiu começar a plantar num local que antes era arrendado. “Quando fui lançar essa informação, tive que esperar por validação da equipe. Fiquei bem seguro com isso, pois entraram em contato comigo para confirmar se era algo real. Assim, percebo que existe muita seriedade quanto ao lançamento de dados na plataforma”, relata.

Análises aprofundadas

A plataforma foi criada para ser uma ferramenta digital simples e de alto impacto, que permite ao agricultor fazer um registro organizado dos resultados da sua propriedade, talhão a talhão, e comparar sua performance com a região, que é composta de cinco a seis municípios no entorno da propriedade cadastrada.

A necessidade de o agricultor ter informações confiáveis para decidir está, por exemplo, no fato de anualmente 150 cultivares de soja e 350 de milho serem lançadas no Brasil. São muitas opções no mercado, sendo difícil saber qual a melhor para a sua realidade. A plataforma auxilia analisar a performance de cada uma delas, trazendo informações sobre melhor população, época de plantio, textura de solo, entre outros dados fundamentais. Ao escolher as melhores cultivares e readequar seu posicionamento, tem sido possível aumentar de três a cinco sacas de soja por hectare em relação à média de cada região.

Todo e qualquer agricultor pode ter acesso, gratuitamente, à plataforma PlantUP pelo site meuplantup.com, independentemente do tamanho da propriedade e níveis de tecnologias aplicadas.

Os agricultores podem ter acesso à plataforma na palma das mãos, com o aplicativo para aparelhos celulares e tablets. Está disponível nos sistemas operacionais iOS e Android, podendo ser baixado nas lojas da Apple e Play Store. “O aplicativo facilita muito o lançamento dos dados e também apresenta a tela de destaques para que o agricultor tenha um panorama rápido da região. Nosso objetivo é que a plataforma fique cada vez mais intuitiva”, destaca Odilio Balbinotti Filho, presidente do Grupo Atto, criador da plataforma.

A plataforma de informações agrícolas está auxiliando para que os agricultores consigam definir as melhores sementes a serem plantadas em suas propriedades, a partir de dados regionais que são lançados diariamente por 3,6 mil usuários cadastrados de 21 estados e 454 municípios do Brasil e Paraguai. Atualmente, o número total de áreas agrícolas cadastradas na plataforma é de 10,2 milhões de hectares.

Fonte:
Assessoria de Comunicação

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário