Produção mundial de carne de frango: em 2020, a menor expansão das últimas seis décadas

Publicado em 15/04/2021 08:22 e atualizado em 15/04/2021 09:28 113 exibições

Recém-lançado, o Meat Market Review 2020 da FAO ressalta que, no ano passado, a produção avícola global se expandiu no ritmo mais lento já registrado nas últimas seis décadas.

No ano foram produzidas perto de 133,3 milhões de toneladas de carne de frango, volume que, em relação a 2019, representou aumento de 1,3% - o menor índice de evolução anual registrado desde 1960.

Ainda assim, o resultado obtido representou importante conquista frente ao ambiente desafiador que envolveu produção e comércio com a ocorrência da pandemia e o registro de casos de Influenza Aviária na Europa e na Ásia.

A acessibilidade relativa da carne de frango e o ciclo de produção mais curto foram os dois fatores críticos que permitiram à carne de frango obter desempenho melhor que o das carnes bovina (que recuou perto de 1,5%, ficando em 71,4 milhões de toneladas) e suína (que recuou pelo segundo ano consecutivo, ficando aquém dos 110 milhões de toneladas).

Os maiores aumentos na produção de carne de frango (considerado o volume adicional produzido) ocorreram na China, EUA e Brasil.

Estima-se que, impulsionada pelo aumento de demanda gerado com a escassez e preços elevados de carne suína, a produção chinesa de carne de frango tenha aumentado mais de 5% - algo que só foi possível graças aos novos investimentos que fluíram para o setor a partir de 2019.

Nos EUA ocorreu um aumento paralelo, mas marginal, no número de cabeças abatidas e no peso médio dessas aves. Mas o setor também foi beneficiado por um programa governamental de assistência específico da pandemia voltado para os produtores de commodities agropecuárias.

No Brasil, a produção aumentou 1,6% e chegou a estimados 14,3 milhões de toneladas – apesar do aumento de custo dos insumos básicos e das interrupções de mercado, tanto internas como externas. O que auxiliou esse crescimento foram as importações asiáticas e do Oriente Médio e o poder de compra sustentado do consumidor interno, mantido principalmente por transferências de renda do governo para famílias em decorrência da pandemia.

Na tabela abaixo, o quadro dos 10 principais produtores mundiais de carne de frango de 2020. Notar que, pelos padrões da FAO, o Brasíl é o quarto colocado, atrás não só de EUA e China, mas também dos 27 países que compõem a União Europeia. Isoladamente, porém, mantém a terceira colocação, respondendo por mais de 10% da produção mundial.

Fonte:
AviSite

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário