HOME VÍDEOS NOTÍCIAS DADOS DA SAFRA METEOROLOGIA FOTOS

Atraso no calendário reduz área plantada de algodão em MT

Publicado em 14/04/2021 14:45 e atualizado em 14/04/2021 16:32 132 exibições

Pressionada entre o calendário de plantio e o atraso na colheita da safra de soja, a área plantada de algodão em Mato Grosso ficou menor que a previsão inicial, que era de 12%. A queda na área cultivada ficou 17% menor que na última safra.

O presidente da Associação Mato-grossense dos Produtores de Algodão (Ampa), Paulo Aguiar, explicou que o excesso de chuvas impediu a colheita de soja no período previsto. “Nós tivemos várias complicações no plantio do algodão neste ano e por isso vamos ter uma área de 950 mil hectares de algodão para esta safra”.

Como muitas áreas dessa safra chegaram muito próximas ao período limite, o produtor agora precisa contar com mais chuvas pelo menos até a primeira quinzena de maio para a safra de algodão. “Ainda é cedo para afirmar qual será o tamanho da safra esse ano, mas já é possível afirmar que Mato Grosso terá uma perda de produtividade”, explicou Aguiar.

Outro desafio do produtor, neste momento, é o desenvolvimento de técnicas de manejo e controle de pragas nas lavouras. Segundo o presidente da Ampa, o controle do bicudo é sempre uma dificuldade a ser enfrentada.

“As outras doenças, apesar de estarem presentes, nós já desenvolvemos um bom manejo para elas, conseguimos suprimi-las com tranquilidade, sejam lagartas, fungos, e outras doenças, mas o bicudo ainda é um desafio pro produtor. A pressão da safra passada para essa safra foi grande em relação ao bicudo”, explicou.

Apesar do cenário atual, para a próxima safra as expectativas são de otimismo. Para o presidente da Ampa, o que aconteceu com a soja este ano foi uma condição atípica. E que, com a retomada da economia mundial, a demanda por algodão irá aumentar e a área plantada na próxima safra será igual a passada ou um pouco maior.

Tags:
Fonte:
AMPA

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário