Fala Produtor - Mensagem

  • Guilherme Frederico Lamb Assis - SP 26/06/2021 00:56

    Sobre a pesquisa de intenção de votos do Ex-Ibope (atual Ipec), vale atentar ao fato que a própria mídia divulga junto com a pesquisa desse instituto suspeitíssimo: - Não apresentaram a metodologia, pois com certeza não tem! E fazem outras ressalvas além da falta de apresentação de metodologia, leiam: "A empresa que fez a pesquisa, o Ipec, apresenta-se como Inteligência em Pesquisa e Consultoria e na manhã desta 6ª feira (25.jun.2021) seu site na internet ainda não estava pronto. Trata-se de empreendimento com fins de lucro, como quase todos os demais que fazem pesquisas eleitorais no Brasil, apesar de se autodenominar "instituto". O comando do empreendimento é de executivos ligados ao antigo Ibope (que fechou as portas em janeiro de 2021). A estatística Márcia Cavallari é apresentada como CEO do Ipec.

    O levantamento divulgado nesta semana pelo Ipec na mídia tem poucos dados sobre como foi realizada a pesquisa. Preocupados em dar valor à ciência e a dados objetivos durante a pandemia de coronavírus, alguns veículos de comunicação se contentaram com explicações telegráficas sobre o estudo. No jornal O Estado de S.Paulo a explicação é a seguinte: "O Ipec entrevistou, presencialmente, 2.002 eleitores em 141 cidades, entre [sic] 17 e 21 de junho. A margem de erro é de 2 pontos porcentuais". A mesma explicação aparece no texto de O Globo.

    Como a pandemia de coronavírus ainda está em alta, não fica claro o método adotado para fazer a abordagem das 2.002 pessoas que deram as entrevistas para o ex-Ibope. Aproximar-se de pessoas nas ruas, em pontos de fluxo, ou em suas residências tem limitações –uma das principais é conseguir conversar apenas com um grupo limitado da população que se sentirá confortável para atender ao entrevistador por 15 minutos ou mais sem temor de que possa ocorrer contaminação pelo coronavírus. Eis a íntegra (38Kb) do relatório do Ipec e o resumo (259 KB) que a empresa divulgou da pesquisa.

    O Estadão faz uma ressalva em relação ao resultado do estudo: "Como ainda faltam 16 meses para as eleições [na realidade, faltam 15 meses; a disputa é em 2 de outubro de 2022], e o quadro de candidatos não está definido, a pesquisa está longe de antecipar resultados". O jornal paulista, entretanto, não elabora a respeito da falta de metodologia detalhada da pesquisa."

    https://www.msn.com/pt-br/noticias/brasil/haddad-comemora-pesquisa-eleitoral-sem-huck-moro-e-amo%C3%AAdo/ar-AALs2tk?ocid=msedgdhp&pc=U531&fbclid=IwAR2xYtp1FQEpLOvkuIHwj04TXWEl1iiMU4pGViHB87DDvqF7liRGvJW1igw

    21
    • Benisio ross Ubiratã - PR

      Os nobres da CPI me fazem lembrar da minha infância, quando assistia ao desenho Dick Vigarista e Muttley.

      4